RA D IOHE_A D/B_RA S IL

Fórum Brasileiro da Banda RADIOHEAD.
 
InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Flaming Lips termina filme caseiro após sete anos - “Christmas on Mars”

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Rafa-RH
Administrador
Administrador


Número de Mensagens : 3928
Idade : 28
Data de inscrição : 30/03/2008

MensagemAssunto: Flaming Lips termina filme caseiro após sete anos - “Christmas on Mars”   Seg Nov 17, 2008 7:26 am

.

Há sete anos em produção, o filme “Christmas on Mars” (“Natal em Marte”), da banda de rock norte-americana Flaming Lips, é um produto da obsessão e da paciência. O filme de ficção científica – que o líder do Flaming Lips chama de “uma maluquice” – foi criado com compulsão amadora, juntamente com sets de filmagem caseiros instalados no quintal da casa de Coyne em Oklahoma. Não é difícil lembrar do filme “Contatos imediatos de terceiro grau”, onde o personagem interpretado por Richard Dreyfuss criava montes gigantescos de areia para satisfazer seu olhar.

“Eu tenho certeza que eu seria um desses caras que constroem cidades inteiras com tampinhas de garrafa no quintal se eu não tivesse o Flaming Lips”, disse Coyne em uma entrevista recente, vestindo seu casaco prateado e sempre um pouco amassado e uma gravata-borboleta desamarrada, sua marca registrada. “Eu meio como aquele cara fedido, estranho e quase insano que fica criando sua estranha arte no quintal”.

Com experiência em filmagem vinda apenas dos videoclipes que gravou, Coyne dirigiu “Christmas on Mars” escalando apenas amigos (incluindo os atores profissionais Adam Goldman e Fred Armisen) e colegas de banda (o multi-instrumentista Steve Drozd é uma das estrelas). O filme de 86 minutos está sendo exibido em cinemas nos EUA e foi lançado na última terça-feira (12) em DVD pela gravadora da banda, Warner Bros. Records, e também é possível compra-lo no site iTunes por U$ 9,99.

O fato de Coyne e companhia simplesmente terem terminado o filme foi uma surpresa para os fãs, que por anos viram trailers e mais trailers prometendo o seu lançamento. O jornal “The New York Times” disse que o filme estava “destinado a ter status de cult”.



Experimentais


Os Flaming Lips existem desde 1983, experimentando inclusive alguns momentos de sucesso (incluindo uma aparição no seriado “Barrados no baile” – a primeira versão). Em 1997 foram fundo nas suas experimentações sônicas com o álbum quádruplo “Zaireeka”, que precisava ter os quatro discos tocados ao mesmo tempo para ser ouvido. O disco abriu caminho para a obra-prima “The soft bulletin” e “Yoshimi battles the pink robot’s” de 2002, disco que levou eles à fama mundial.

Em 2001, Coyne queria romper com o padrão normal para as bandas de “turnê – gravação – turnê”. “The soft bulletin” tinha um conceito próximo do cinema, e essas idéias geraram “Christmas on Mars”. “Nós queremos esse tipo de identidade”, explica Coyne. “Estou falando de grupos como os Beatles ou Pink Floyd ou qualquer coisa do gênero. Eles não simplesmente subiam no palco e tocavam seus instrumentos. Eles criavam seus próprios mundos, e passavam a viver dentro deles. E é isso que eu quero fazer. Não para os nossos fãs, mas especialmente para mim. Eu quero ser o cara que fez um filme chamado “Christmas on Mars”.

A identidade dos Flaming Lips não é fácil de descrever, e é melhor experimentada nos shows da banda, que normalmente incluem fantasias de bichos de pelúcia,, dançarinos em cada lado do palco, sangue de mentira e, às vezes, um OVNI gigante. Por mais que pareçam viver numa ilhautópica de psicodelia, os Lips sempre cantaram músicas baseadas na realidade, muitas vezes sobre morte e perdas. Coyne disse que a música da banda parece feita para “um funeral ensolarado” – e “Christmas on Mars” mantém o tom.

Explicar o enredo do filme parece impossível, mas ele gira em volta de um grupo vivendo em Marte e a chegada de um marciano (Coyne) na véspera de Natal. Indeciso sobre como descrevê-lo, Drozd chama o filme (que, durante a exibição, varia entre momentos em preto-e-branco e partes com cores bem vivas) de “uma experiência sensorial”. “Eu simplesmente me rendi ao filme. Não vou tentar me justificar e dizer, ‘Olhe, a banda marcial tem genitais na cabeça por causa... disso’. Eu não sei! Só ficou legal no vídeo!”, diz Coyne.



Drogas



Se “Christmas on Mars” soa como o tipo de filme que pode inspirar a audiência a levar alucinógenos ao invés de pipoca para a sala de exibição, não é o tipo de coisa estranha para Coyne, que declarou que os Lips são “definitivamente uma banda relacionada às drogas, em alguns níveis diferentes”. “Se você tem 20 anos e quer tomar um ácido e assistir a um filme, ‘Christmas on Mars’ é uma boa chance para isso”, diz Coyne, rindo.

Ele avisa, porém, que heroína e metanfetamina são drogas em que ele nem encostaria. Seu irmão mais velho ainda luta contra o vício em metanfetamina, e Drozd ainda estava sofrendo os efeitos de um vício em heroína (que ele largou há dois anos) durante o início das filmagens de “Christmas on Mars”.

“Eu me senti muito mal assistindo o filme”, disse Drozd, notando o quão magro ele estava nas filmagens mais antigas. “Eu acho que algumas das atuações são horríveis, especialmente a minha. E no meu caso, minha história pessoal tem tudo a ver com isso”.

Apesar de Drozd – cuja única experiência em atuação havia sido em peças escolares – ter se preocupado com a qualidade do filme, ele nunca duvidou que ele seria completado. “Para o bem ou para o mal, teria que ser finalizado”, disse. “É assim que Wayne é, ele tem que terminar que começou”. Para Coyne, “Chrismas on Mars” não é nada mais que “um projeto artístico indulgente”. Ele acredita que o fracasso é um conceito pouco valorizado, e está orgulhoso de que seu filme foi claramente “feito por humanos”.

Os Flaming Lips (que ainda vivem na cidade natal da banda, em Oklahoma City), logo devem voltar à atividades mais típicas para bandas de rock, começando a gravar seu novo álbum. Eles já têm um conjunto de novas canções e devem trabalhar nelas no próximo ano. E do jeito que Coyne descreve as novas músicas, elas parecem algo tão do “outro mundo” quanto "Christmas on Mars”: “Algumas músicas soam como John Lennon encontrando Miles Davis enquanto este gravava o álbum ‘Biches brew’, e então fizessem uma colaboração”, diz Coyne, “e então ambos venceriam”.


_________________

If I get old, I will not give in. But if I do, remind me of this.
Remind me that, once, I was free. Once, I was cool; once, I was me.

w.a.s.t.e. central
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ruth
Administrador
Administrador


Número de Mensagens : 4147
Data de inscrição : 10/04/2008

MensagemAssunto: Re: Flaming Lips termina filme caseiro após sete anos - “Christmas on Mars”   Ter Nov 18, 2008 8:27 pm

Esse Wayne Coyle é um figura msm, maluco que só, rs! Acho que ele fez uns laboratórios do filme aqui, no Claro em 2005, rs, eu nem curti tanta cor, bichinho e bolha de plástico, achei visualmente cansativo!
Agora pela matéria, o filme deve ser uma droga, mas, imperdível pela bizarrice, rsrs
Vamos ver se consigo assistir!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rafa-RH
Administrador
Administrador


Número de Mensagens : 3928
Idade : 28
Data de inscrição : 30/03/2008

MensagemAssunto: Re: Flaming Lips termina filme caseiro após sete anos - “Christmas on Mars”   Qua Nov 19, 2008 11:17 am

HAHA, eu quero ver

queria tanto um show deles também *_*

_________________

If I get old, I will not give in. But if I do, remind me of this.
Remind me that, once, I was free. Once, I was cool; once, I was me.

w.a.s.t.e. central
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Flaming Lips termina filme caseiro após sete anos - “Christmas on Mars”   Hoje à(s) 5:02 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Flaming Lips termina filme caseiro após sete anos - “Christmas on Mars”
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Vendas de discos sobem ao fim de sete anos nos EUA
» Novo filme sobre Michael Jackson revela sua personalidade
» Porque a Gravação dos Gringos é sempre melhor?
» Teste de Gravação Caseiro
» Sete Notas

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
RA D IOHE_A D/B_RA S IL :: OFF :: Idioteque em todo canto-
Ir para: